MENU

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Decidiu não se Contaminar, Dn. 1:8


Int. Nossa vida com Deus é uma escolha, nós é que decidimos como viveremos nossa vida com Deus.
Toda escolha trás uma consequência, benção ou maldição. Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, Dt. 30:19.
Resultado de imagem para profeta daniel e seus amigos 
C.M. Daniel por sua vez decidiu firmemente não se contaminar, como consequência viu a mão de Deus agindo em sua vida e de seus amigos também.
Os desafios para nos manter firmese abundantes em Deus serão grandes.
O fato é que um dos primeiros grandes desafios do jovem Daniel na Babilônia, foi participar de um curso onde o aprendizado da cultura e da língua dos caldeus faziam parte do currículo. Literatura, astrologia, astronomia, noções de magia e adivinhação, agricultura, arquitetura, leis, matemática e língua acádica, seriam algumas das disciplinas. Os estudos científicos mesclavam-se com magia e adivinhação.
O quadro é muito parecido com o que enfrenta os nosso jovens cristãos nas universidades e faculdades norteadas pelas idéias pós-modernas, onde nestes espaços a ciência e as experiências místicas se fundem, o espírito de “tolerância” e “pluralismo religioso” dá o tom, a vida moral é relativizada e onde a felicidade é confundida e reduzida ao mero prazer.

Diz a bíblia no verso 17 que Deus deu a Daniel a inteligência, visões e sonhos.
Nada vem por acaso, nossa conquista em Deus é fruto da nossa obediência a sua palavra, da nossa decisão para andar em santidade, de ser benção em suas mãos.
Deus usou Daniel de uma forma poderosa na babilônia, uma terra desconhecida para ele.
Ali eles adoravam há um deus pagão tinham costumes pagãos, Daniel precisou aprender, estudar seus costumes, sua língua nativa, porém não permitiu que isto lhe tirasse da presença de Deus, ao contrário; se aproximou mais de Deus para andar em sua presença.
Daniel era luz em meio aquelas densas trevas que existia em babilônia.
Precisamos tomar decisões para sermos o que Deus nos chamou para sermos em qualquer lugar.
A consequência disto foi que Daniel se destacou muito naquele lugar sem perder sua essência, se destacou sendo luz de Deus.

1-Deus nos chamou para sermos luz: A luz precisa brilhar, para isto não pode esconder-se. Esta luz precisa brilhar na escuridão.
Lá no meio da impiedade é que eu preciso mostrar que Deus é quem dirige meus passos, controla minha vida.
No meio da incredulidade eu preciso brilhar mostrando minha fé.
Não deixe que as trevas o contamine, ofusque sua luz.

2-Deus nos chama para obediência: Obedecer a Deus inclui fé porque mesmo em muitas ocasiões não vendo nada eu preciso obedecer. Porque não preciso ver e sim obedecer.
Pela disposição de obedecer a Deus é que não seremos contaminados com o “ver pra crer”.
Obedecer à palavra de Deus me credencia a receber suas promessas em nossas vidas.
 A obediência inclui minha vida financeira também, você já parou para pensar quantas coisas já perdemos porque decidimos não obedecer a palavra de Deus?
Muitas bênçãos estão sendo perdidas pela desobediência porque muitos já estão contaminados pela ganancia, avareza, mesquinharia e etc.
Deus só tem compromisso com quem obedece.
E será para nós justiça, quando tivermos cuidado de cumprir todos estes mandamentos perante o Senhor nosso Deus, como nos tem ordenado. Deuteronômio 6:25.

3-Deus nos chama para sanidade: Sem santidade ninguém vera Deus. O pecado tem contaminado a muitos e por consequência levando muitos a viver distante dos propósitos de Deus para sua vida.
O pecado atrai maldição para sua vida e consequência para aqueles que estão pertos.
Deus nos chamou para vivermos em santidade, sua palavra não caducou, continua atual.
Deus quer homens e mulheres ainda hoje comprometidos com a santidade para que ele possa usar como usou a Daniel e seus amigos. Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; 1 Pedro 1:15.

4-Deus nos chamou para testemunhar: Não podemos nos contaminar com o conformismo, a esterilidade espiritual.
Deus chamou seu povo para falar de suas maravilhas que ele tem feito em nossas vidas.
Não deixe para amanha, para depois, outro dia, é agora, hoje Deus tem nos chamado para falar de suas grandezas.
Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. Romanos 10:14,15.

C. Muitas bênçãos estas retidas porque falta a decisão de não contaminar-se.
Tudo o que aconteceu na vida e Daniel foi provocado por suas atitudes diante de Deus.
Através de sua vida o reino da babilônia foi impactado pelo poder de Deus.
Daniel prosperou, cresceu ministerialmente, se tornou respeitado, amado, porque decidiu viver pra Deus e na presença de Deus.
Dispôs-se a pagar o preço necessário para que a vontade de se cumprisse em sua vida?
Deus continua procurando pessoas que decidam firmemente não se contaminar.

Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

PALAVRA DE VIDA