MENU

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Às vezes seguir em frente nos leva a impasses e situações difíceis. Ex. 14:15-26



Int. Imagine a situação do povo que havia saído do Egito, alegre com a ideia de estava indo para a liberdade, quando chega diante do mar e percebe que está em uma armadilha. À frente, água intransponível, atrás, os egípcios vingativos magoados com a perda dos seus filhos. Não dá mais tempo para uma rota alternativa.
“Teria Moisés entendido errado a direção dada por Deus? Teria o povo se entusiasmado cedo demais com a possibilidade de liberdade”?

Resultado de imagem para impossivel mas deus podeQuando chegamos nesses impasses temos a tendência de achar que fizemos algo errado ou que entendemos mal o que Deus nos mandou. Mas esse episódio nos ensina duas coisas através de Moisés.

C.M. A primeira foi que Moisés manteve a atitude de confiança em Deus independente do que se podia ver com os olhos físicos. Moisés, pela fé, já tinha visto a Terra Prometida e sabia que Deus levaria o povo até lá. Se esta era a promessa de Deus então aquele momento não era o fim! Por isso ele pôde dizer ao povo “Não temais; estai quietos, e vede o livramento do Senhor, que hoje vos fará; … O Senhor pelejará por vós” (Êxodo 14:13,14).
-Mesmo diante do improvável ele consegue forças para continuar acreditando e ainda, animar seus liderados que estavam sucumbindo diante daquela situação no mínimo desesperadora.
Temos uma forte tendência de desistir cedo demais, nos falta a paciência necessária para esperar eme a providencia e Deus.
Por isto dizia o salmista; Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.
Salmos  40:1
O inimigo então aproveita esta brecha para lançar a duvida em nossa mente trazendo assim confusão, será?
Moises homem de Deus, cheio do espirito manteve sua fé e confiança na promessa da terra prometida.

A segunda foi que esta atitude permitiu que ele continuasse a ouvir a Deus e a obedecê-lo, ainda que a direção parecesse loucura para a mente natural.
“Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.” (Êxodo 14:15,16).

Moisés não entendeu errado, o povo não se entusiasmou antes da hora, mas a situação chegou a um impasse. O cenário está montado e nesse momento você pode escolher:

ou tenta fazer 1 milhão de pessoas nadarem até o outro lado,
ou tenta fazer mulheres, velhos e crianças enfrentarem um exército furioso,
ou obedece ordens inusitadas de Deus.
Na maioria das vezes, obedecer a Deus é fácil, nós é que complicamos as coisas desnecessariamente com a nossa mente elaborada.
Afinal, levantar a mão não é mais fácil que lutar contra um exército? No entanto ficamos dando cem motivos porque a solução de Deus não vai funcionar.

A única coisa que precisamos é crer que Deus sabe o que está fazendo.

Precisamos continuar colocando em prática a Sua Palavra mesmo quando parece que ela não vai funcionar.

-Continuamos a orar e a buscar a presença de Deus mesmo quando parece que Ele não nos ouve. (1 Tessalonicenses 5:17; Lucas 18:1)
-Continuamos a amar mesmo quando aqueles a quem dirigimos nosso amor não reconhecem. (1 Coríntios 13:7)
Mesmo contraria, apreensível e com medo o povo obedeceu ao líder; o resultado foi uma tremenda vitória do povo sobre seus inimigos que resultou num cântico de vitória entoado por Moisés e todos os demais do arraial.
Esta vitória foi tão marcante que milhares de anos mais tarde o povo cantava através vários salmos.

C. Permanecer firme no propósito de obedecer a Deus e Sua Palavra pode nos levar a impasses e situações que parecem insolúveis. Você pode olhar à sua volta e fazer uma lista dos impossíveis que lhe rodeiam. Mas em vez de sucumbir às suas próprias e complicadas soluções, renda-se às ordens simples que o Senhor te der.


Estou rodeado pelos meus impossíveis, mas creio que Deus dará ordem para cada um deles!

domingo, 15 de janeiro de 2017

Alcançando a Promessa Gn. 12:2-3


Int.Gn. 12: 2. Eu farei de ti uma grande nação; abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome; e tu, sê uma bênção. 3. Abençoarei aos que te abençoarem, e amaldiçoarei àquele que te amaldiçoar; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.
 A promessa de Deus para a vida de Abrão era simplesmente maravilhosa, qualquer um ficaria impressionado, mas nós que estamos ainda vivos temos também grande promessas da parte de Deus.
Resultado de imagem para abraão e a promessa1-Jesus prometeu estar conosco todos os dia de nossas vidas.Mt. 28:20.
2-Nos prometeu o Espirito Santo que estaria falando por nós, nos consolando... João 14:6.
3-Salvação para nós e nossas família. At. 16:31.
4-A coroa da vida eterna. Ap. 2:2.
5- Prosperidade. Lc. 6:38.
Essas são apenas algumas  das mais oito mil promessas que existe no velho e novo testamento.
Mas para que estas promessas se cumpram em nossas vidas é necessário andar com Deus, produzir em seu reino, glorificar a ele em nossas vidas, atitudes de fé e vencer alguns obstáculos que estão entre nós e o cumprimento da promessa.
Voltando a Abrão, Deus falou pra ele!

 DE TI FAREI UMA GRANDE NAÇÃO: A promessa demorou, Abraão teve de precisou enfrentar o obstáculo da duvida, o tempo passando, ele e sua mulher envelhecendo e nada do filho.
A duvida passa ser uma arma poderosa que o inimigo usa para frustrar os planos  de Deus para nós.
Porque é pela fé que alcançamos as promessas, que superamos obstáculos e permanecemos de pé.  Hb. 11:8-12 Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa.  Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus.  Pela fé também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido.  Por isso também de um, e esse já amortecido, descenderam tantos, em multidão, como as estrelas do céu, e como a areia inumerável que está na praia do mar.

TE ABENÇOAREI: Se deus te abençoou ninguém pode te amaldiçoar, ninguém vai te parar, mas Abraão enfrentou adversários, precisou lutar para se manter na benção.
Ele enfrentou problemas familiares, a estiagem sobre a terra, desentendimento por causa dos filhos Ismael e Isaque.
A vida com Deus não nos exime de problemas, mas nos faz fortes para enfrenta-los e vence-los.

TE ENGRANDECEREI O NOME: Deus tinha um chamado especifico para Abraão, (ministério) para tanto não faltou adversidade. Através dele Deus iria abençoar muitas pessoas.
Hoje Deus nos chama para abençoar, não somos convidados por Deus apenas para fazer parte da Igreja, mas sermos a Igreja de Jesus.
Para ser Igreja é precisa produzir frutos, não ser apenas mais um no meio da multidão, mas para isto há um preço.
Abrão enfrentou adversidades como funcionários de Abimeleque  que estavam entulhando seus poços e etc.
Milhares de anos depois o nome de Abraão continua sendo grande porque Deus é e sempre será um Deus fiel.
Deus deseja cumprir o que nos prometeu, precisamos ser fiéis até o fim!

ABENÇOAREI OS QUE TE ABENÇOARES, AMALDIÇOAREI OS QUE AMALDIÇOAREM: Isto significa que ninguém pode impedir que a promessa dele se cumpra em nossas vidas.
Não adianta tentar puxar o tapete, armar ciladas, boicotar, tramar, desejar ou se esmerar para impedir o chamado de Deus.
Mil caíram ao teu lado, dez mil a tua direita...
Esteja disposto a continuar no chamado de Deus para você, não olhe para os lados, continue caminhando e olhando para Deus.
Deixe os outros, eles estão na verdade te ajudando a crescer só que sabem disto.

EM TI SERÃO ABENÇOADAS AS FAMÍLIAS: Da sua descendência viria o salvador que impactaria as famílias da terra.
O cumprimento da promessa traria bênçãos aos demais.
Aguente firme porque muitos serão abençoados por causa da promessa de Deus para você.
É por isto que o inferno esta revoltado com você e quer te parar de qualquer maneira.

A BENÇÃO FOI DECRETADA, AGORA É PAGAR O PREÇO. APENAS NESTE CAPÍTULO VEMOS ABRÃO ERIGINDO DOIS ALTARES. ( SACRIFÍCIO). SUA CAMINHADA EXIGIU FÉ, CORAGEM, FIDELIDADE, ATITUDE E TRABALHO. A PROMESSA ESTÁ DIANTE DE NÓS TAMBÉM, MAS QUEM QUER DE VERDADE PAGAR O PREÇO PARA ALCANÇÁ-LA? ABRAÃO SE TORNOU O PAI DA FÉ NÃO POR ACASO; MAS PORQUE CONQUISTOU A PROMESSA SUPERANDO OS OBSTÁCULOS E HONRANDO A DEUS POR ONDE PASSAVA! NÓS TAMBÉM TEMOS PROMESSAS, CABE A NÓS TER DISPOSIÇÃO PARA LUTAR E CONQUISTAR. " Se fiel até a morte e te darei a coroa da vida"

Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Uma nova chance Gn.8


Int. Parecia que a situação não tinha mais jeito, pois os seres humanos haviam se corrompido por completo. Então, Deus decidiu destruir todos os seres viventes sobre a Terra. Contudo, um homem chamou atenção do Senhor para si, porque era íntegro e justo. Ele se chamava Noé.
Como Deus também é justo, desejou poupá-lo, por isso pediu para que Ele construísse um barco enorme, a arca, e que abrigasse várias espécies de animais e a sua própria família nessa embarcação.
O Criador explicou em detalhes como a arca deveria ser construída. Solicitou compartimentos e pediu para Noé passar betume por dentro e por fora (para que a embarcação ficasse impermeável e não afundasse).
C.M. Porque ele chamou a atenção de Deus?
Porque se desviava do mal, andava com Deus, a maldade dos homens não abalaram sua fé, não feriu seus princípios, ele continuou sempre firme na presença de Deus embora convivesse lada a lado com homens cruéis.
Ele andava na contra mão do mundo de sua época porque andava com Deus.
Dizia não para tudo que desagradava a Deus, por isto a bíblia diz que ele era integro.
Veio o diluvio!
Noé e sua família ficaram mais de um ano confinados dentro da arca, privado da liberdade viver caminhando em terra firme, plantando e cultivando a terra, apreciando o sol e as aves voando.
Ficaram todo este tempo tendo que limpar os compartimentos onde ficavam os animais, alimentando-os e etc.
Não foi fácil ficar tanto tempo naquela situação, mas lá fora a força do diluvio estava destruindo toda a espécie de vida.
A lição que aprendemos é que sempre o melhor lugar para estar é fazendo a vontade de Deus de Deus.
Na arca havia vida, salvação, mas fora dela somente morte e destruição.
No mundo atual não mudou muito não. “Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem. (...) Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, a quem o senhor confiou os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu tempo? Bem-aventurado aquele servo a quem Seu senhor, quando vier, achar fazendo assim.” Mateus 24.37-46.
Lembrou Deus de Noé: Deus não se esquece de seus escolhidos, a situação que estamos vivendo por ser difícil, doloroso, que nos deixe com algumas cicatrizes, mas Deus não se esquece dos seus. Is. 49:15.
Deus tinha uma aliança, um compromisso com Noé e com sua família.
Deus sabia de sua conduta, da maneira como ele tinha andado em sua presença e por isto ele estava naquela arca, para ser salvo, ele e sua família.
Noé não se desesperou pelo fato de não enxergar terra durante tanto tempo, ele apenas confiou no Deus que o sustentava até aquele momento.
Nós precisamos agir assim também, confiar até o fim, não desistir, insistir porque se Deus não se esquece dos seus, certamente o meu milagre é apenas uma questão de tempo. Mas é o tempo de Deus e não o nosso tempo!
Chegou o dia: Eles saíram da arca pela primeira vez onde passaram mais de um ano.
O que fazer primeiro, correr, pular, brincar, procurar frutas frescas nas árvores.
Contemplar as paisagens, enfim, não faltava o que fazer.
Mas para um homem cheio de Deus, que andava com na presença de Deus tudo isto era importante e bom, porém algo mais importante era hora de adorar e agradecer a Deus por aquele momento tão especial.
Jesus ilustrou isto quando curou dez leprosos, E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro? E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou. Lucas 17:17-19.
Levantou um altar ao Senhor: Foi a primeira atitude de Noé, construiu um altar para sacrificar e adorar a Deus.
Altar serve para adorar e sacrificar a Deus. Não foi por acaso que após aquele violento diluvio que destruiu a vida do planeta, Noé e sua casa estavam a salvo.
As coisas em nossas  vidas não acontecem por acaso, a benção de Deus não vem de forma aleatória, ela é proposital.
Deus é justo, prova o homem até as ultimas consequências para depois aprova-lo.
No momento da prova não murmure, não reclame, adore a Deus com todas as suas forças. Sl. 126.
Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve. Ml. 3:18.

C. Deus esta chamando pessoas hoje para viver em sua presença porque os dias em que vivemos são maus.
Quem se dispõe a viver uma vida que agrada a Deus em obediência, consagração e trabalho na sua obra?
Deus não mudou, continua o mesmo Deus poderoso, santo, fiel e justo.
Seus olhos estão por toda a terra separando pessoas para fazer sua vontade e colher os frutos desta obediência!
Deus nos oferece uma nova chance...
Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Deus me Formou, Sou Obra de suas Mãos. Gn. 2:7-8



Int. Somos formados do pó da terra, as mãos do todo poderoso nos criou, ele soprou em nós o sopro da vida.
O desejo dele é que vivamos a vida que ele soprou em nós, vida abundante, vida eterna, vida de autoridade e poder!

C.M. Como é maravilhoso saber que fomos formados pelo Deus todo poderoso que usou o barro para formar algo especial que somos eu e você.
Somos as primícias da criação de Deus, temos a vida de Deus soprada em nossas vidas.
Isto significa que Deus deu a nós o melhor, para vivermos o melhor aqui nesta terra.
Mas que tipo e vida Deus o criador nos deu?

Vida Abundante: No versículo oito a bíblia fala que Deus criou todas as espécies de árvores frutíferas, criou um jardim e colocou o homem para viver lá.
Isto é realmente era uma vida abundante onde Adão não tinha falta de nada, estava vivendo a vida de Deus, o melhor que alguém, podia experimentar.
Resultado de imagem para jardim do édenMas o pecado entrou, arruinou com a vida abundante de Deus par o ser humano, o homem perdeu o direito de viver neste jardim e começou a colher os frutos de seu pecado.
Então veio Jesus para resgatar esta oportunidade de vida abundante para nós novamente. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. João 10:10.
Hoje através de uma entrega total a Jesus temos a oportunidade de viver o melhor de Deus para nós novamente.
Vida Eterna: Deus nos criou para este fim, viver eternamente. Porem quando Adão pecou foi-nos tirando este direito, perdemos a vida eterna para satanás.
Passamos a sofrer com a enfermidade, por exemplo, isto devido ao pecado que continua a nos empurrar para longe da vida de Deus.
Mas o direito da eternidade mais uma vez se tornou possível por meio de Jesus e sua obra redentora!
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16.
Não podemos perder esta chance de vida eterna, que mais uma vez Deus por sua infinita misericórdia manifesta a salvação nós.
A salvação esta a disposição de qualquer um que aceite a Jesus como seu salvador e se disponha viver para ele e obediência a sua palavra.

Vida de autoridade e poder: Deus deu a Adão poder e autoridade sobre a terra, sobre os animais de toda a espécie.
Ele dominava sobre a terra, tinha total autonomia para fazer como queria, colocou o nome que quis em cada ser vivente porque ele dominava.
Quando pecou, o pecado passou a dominar a sua vida a autoridade que ele tinha entregou de mão beijada a satanás o qual passou então a dominar a terra e implantar sua obra maligna. E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu. Lucas 4:5-7.
Hoje vivemos em um mundo corrompido pelo pecado, são tantas vidas destruídas,  guerras, catástrofes, vícios levando muitos a plena destruição.
Não foi nada disto que Deus planejou para seus filhos, mas tudo isto tem vindo como consequência de seu pecado e distanciamento de Deus.
A perca de sua autoridade e poder enfraqueceu o homem e o colocou na condição de escravo e prisioneiro.
Mas uma vez vemos a obra redentora de e expiatória de Jesus da a todos nós o direito de mudar isto, de viver em liberdade novamente e nos livrar do domínio do pecado, do diabo e seus demônios. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:36.
Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; Romanos 5:20.
C. Deus nos formou do pó e um dia ao pó voltaremos, tudo isto mostra claramente que não podemos arriscar em viver longe de Deus.
Porque longe de Deus somos pó, isto é; algo insignificante, dominados pelo pecado, escravos, mas na presença de Deus somos vasos de honra, primícias de sua criação porque ele soprou em nós o folego de vida. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Romanos 8:23.

Deus abençoe sua vida!

Pastor Luciano Silveira

PALAVRA DE VIDA