MENU

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Nossa vida é feita de escolhas



Gn. 2:7-15
Int: Não há como negar que a nossa vida é reflexo das nossas escolhas
Escolhemos amizades, profissões, escolhemos servir ou não a Deus.
Escolhemos também obedecê-lo ou não, ele não nos obriga a fazer absolutamente nada, apenas nos mostra o caminho certo a seguir.

C.M.  Deus quando criou Adão e Eva, pensou no melhor pra eles.
Antes mesmo de criá-los, Deus criou o Jardim do Éden pra eles.
Ali era um paraíso, sem dor, sofrimento, eles tinham total domínio sobre tudo, fartura, saúde perfeita, paz e por aí vai...
*Mas um dia tomara uma decisão que afetou toda aquela estrutura que Deus tinha projetado pra eles.
Decidiram desobedecer, Deus não interviu  porque nos deu liberdade nas escolhas.
Desobedecer custou a eles caro:

1-Perderam comunhão com Deus
2-Perderam o direito de viver no Jardim
3-Perderam o crédito com Deus

Conseqüências:

1-Trabalho árduo
2- Saúde debilitada
3-Morte espiritual
Não somos obrigado a obedecer a palavra de Deus, porém a obediência gera bênçãos de Deus em nossas vidas.
Desobediência gera maldição, Deus não tem obrigação em abençoar os desobedientes. Dt. 28  nos deixa muito claro isto.
A história do povo de Israel mostra claramente que a desobediência nos leva pra longe da presença e do propósito de Deus. Lv. 27; 30   Também todas os dízimos do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do Senhor: santas são ao Senhor.

Abrão foi  o primeiro homem a dar o dízimo, como conseqüência Deus o abençoou em tudo.
Canaã foi a terra das peregrinações de Abraão onde Deus migrou sua descendia anos mais tarde.
Porque a sua decisão em obedecer tornou aquela terra produtiva, e ficou como herança aos seus descendentes.  
O povo de durante 400 anos sofreu a humilhação do Egito, agora é transportado por Deus para uma terra próspera, que manava leite e mel.
*Ali aquele povo sofrido conheceu o que era fartura, mas o tempo foi passando e se esqueceram de Deus.
*Como resultado três vezes foram exilados para o cativeiro na Babilônia.

Obedecer  continua sendo uma decisão muito sabia por parte daqueles segue a Jesus.
Se Deus ordenou o dízimo é porque ele tem por traz um propósito de te abençoar.
Abrão foi abençoado em tudo, Jacó foi enganado dez vezes e o Senhor o protegeu por causa da sua fidelidade.

Hoje Deus coloca possibilidades diante de você, a decisão é sempre nossa.
Dízimo tem que ser espontâneo, voluntario, é assim que Deus se agrada e nos abençoa.


Deus abençoe sua vida!
Pastor Luciano Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

PALAVRA DE VIDA