MENU

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Esta faltando azeite?

 Mt. 25:1-13

Int. Estamos vivendo tempos de grande expansão do evangelho.
Em todos os meios, de todas as formas o evangelho tem sido pregado e ensinado, por isso muitos se dizem ser evangélicos, dizem que vão à igreja, até mesmo são ofertantes, dizimistas.
Mas será que Deus fica verdadeiramente satisfeito com tais que se dizem evangélico?
Precisamos de azeite na botija, ou seja; unção do espirito santo sobre nossas vidas para que nossas atitudes sejam diferentes.
O que agrade o coração de Deus não os que nunca erram, os super  santos, os puritanos, mas os que reconhecem seus erros, sua fragilidades, suas fraquezas. Deus se agrada daqueles que tem compromisso com sua imensa obra, porque os ceifeiros são poucos e há muito trabalho para fazer. E com relação a isto não podemos perder tempo!

C.M. As dez virgens representam a igreja que deve estar preparada para o encontro com Jesus, mas para isto não pode faltar azeite.
Esta historia fala a respeito da volta de Jesus, mas podemos extrais muitas lições valiosas dela.
O azeite representa, luz, vida com  Deus que é essencial para uma vida de comunhão e de frutos.

Mas afinal o que acontece quando falta o azeite, a unção do espirito?
Suas atitudes não condizem com aquilo que prega, não há mudança de atitude ou caráter.
Sua família não vê mudança, o pecado continua sendo uma prática de vida, não tem compromisso com o reino de Deus, não se envolve na obra de Deus.
Muitas vezes se esconde atrás de uma falsa santidade, se esquecendo de que o seus frutos falam por si, afinal é pelos frutos que se conhecem as árvores.
Quando falta azeite é um problema, em um carro, por exemplo, quando falta óleo, as engrenagens engripam, tudo se torna mais dificultoso, penoso, muito mais difícil.
Não estaria faltado azeite no seu casamento? Como esta o seu relacionamento com esposa e filhos?
As cinco virgens imprudentes quando ouviram o barulho do noivo saíram correndo atrás de azeite, mas já era tarde.
Tem marido que só percebe que o casamento esta mal quando sua mulher pede o divórcio.
Tem pais que só percebe que algo esta errado com seu filho quando esta mergulhada nas drogas.
Muitas vezes é tarde demais.
Muitos se lembram de que poderiam ter feito mais para Deus, evangelizando, contribuindo, trabalhando os seus dons e talentos, quando temem pela sua vida por causa de uma enfermidade. 
Gostariam de voltar no tempo e consertar, mas é impossível, o tempo é cruel, implacável, mas vale mais do que o ouro. Depois de perdido não se recupera mais. Pense nisto...  Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento; Eclesiastes 12:1
As virgens imprudentes quiseram recuperar o tempo perdido, mas já era tarde demais, lamentável que muitos só percebem isto diante do pedido de divórcio, de um leito de enfermidade.

Porque falta o azeite?
O azeite começa a faltar quando falta leitura da palavra, oração, pratica do evangelismo, não se importar com os perdidos, deixar ser fiel na obra de Deus.
Esta unção não é o falar em línguas estranhas, profetizar, é a graça de Deus sobre nossas vidas que se refletem no dia a dia do cristão como: Mudança de atitude, caráter, fidelidade, honestidade, onde o fruto do espirito descrito em Gálatas 5:22 é visível em sua vida.

C. Então porque esperar, protelar, a ora de fazer alguma coisa é agora, agora é tempo de mudança, não deixe que a porta se feche. Foi assim nos dias do diluvio, a porta se fechou e ninguém mais pode entrar. Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, Dt. 30:19
Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

PALAVRA DE VIDA