MENU

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Vale de Ossos Secos


Vale de Ossos Secos
Ez. 37
Int. A presença de Deus nos impulsiona, faz do fraco forte, o humilhado que seja exaltado. Tudo isto atravéz do seu Espírito Santo
Os fatos contidos no livro de Ezequiel situam o ministério do profeta no começo do exílio babilônico, entre os anos 593 a 570 aC. O profeta Ezequiel, fazendo da Babilônia o seu palco de acontecimentos, analisou a queda e a restauração da nação de Israel.
.

C.M. O vale de ossos representa as pessoas nestas circunstâncias, - Se você tirar um Raio X da sua vida agora, é possível que muitas coisas sejam parecidas como um vale de ossos secos.
Ao observar a situação do vale, temos a sensação houve uma grande batalha naquele lugar, onde muitas:
1-      Vidas se perderam 2- ministérios fracassados 3- casamentos destruídos 4- famílias humilhadas  5- sonhos perdidos; a morte acabou com tudo...
2-      Há uma batalha intensa acontecendo agora no mundo espiritual, e esta batalha se vence pela obediência, jejum e oração
Talvez esteja ai dentro de você muitos sofrimentos, dor, desesperança, traumas, depressão, desilusão, solidão, incerteza quando o futuro, medo da vida depois da morte.....

3-      Deus manda o profeta andar ao redor do vale; assim ele observa a situação, os ossos estavam sequíssimos ou seja, era extremamente grave a situação daquele povo.(analise sua vida em todos os ângulos, como esta você)  O que fazer numa situação como esta. Eles haviam perdido a batalha
*Seja sincero consigo mesmo, onde você precisa de um concerto?

*Quantos tem perdido as batalhas espirituais como 1- de dizer não ao pecado 2- de ser fiel a Deus 3- do compromisso com Deus 4- de fazer a obra de Deus bem feito
ANALISE BEM A SITUAÇÃO!
4-      (V3) Então me perguntou, poderão reviver estes ossos?
*A resposta só você pode dar... mais ninguém
*É você que tem que decidir entre a vida e a morte, Chamo hoje o céu e terra por testemunho...
- Quando acaba a nossa esperança, quando acaba a nossa força, quando acaba o nosso fôlego, isso não significa dizer que não há mais nada a ser feito.. - v.14: “Colocarei o meu Espírito dentro de vocês, e assim vocês voltarão a viver...” - DEUS esta dizendo que você pode estar morto, mas ELE quer restituir a vida a você: uma NOVA VIDA, um novo fôlego, uma nova razão, um novo valor...

Então Deus ordena que o sopro do Espírito venha sobre eles.

Pôs-se em pé um grande exército: grego chayil

1)       força, poder, eficiência, fartura, 1b) habilidade, 1c) fartura.
2)       Habilidade que Pedro eJoão tiveram para pregar
3)       Mosés para tirar o povo da escravidão


2º dia
Como pode acontecer a restauração?

1-Profetize: sobre teu ministério, casamento, filhos, finanças, comunhão com Deus...
Significa que ainda que tudo pareça perdido, há esperança para você. (árvore cortada)
*Assuma tua responsabilidade de profetizar e vai acontecer a restauração em nome de Jesus.

2-Ouvi a palavra do Senhor: Aquele que tem ouvidos ouça... a restauração acontece quando ouvimos a sua palavra e obedecemos. Ex. Nínive
*Sl 119:105-111
Ouvir no grego shama, com atenção e interesse, consentir, concordar, atender a solicitação...

3-(5) É necessário a presença do Espírito Santo. É ele quem nos guia, fortalece, nos capacita... A importância de ser cheio do Espírito Santo

  
Podemos escolher diversas maneiras para seguir a nossa vida, mas a melhor delas é viver de forma abundante com o poder de Deus. E o segredo para alcançar esta bênção está na admoestação do apóstolo Paulo, feita em Efésios 5.18: E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito (Ef 5.18).
*Após Jesus entregar Sua vida na cruz do Calvário para a redenção da humanidade, Ele ressuscitou e apareceu para os discípulos, comissionou-os a pregar as boas-novas de salvação e enviou o Espírito Santo, o Consolador, para que não ficassem órfãos nem desamparados após Ele ter voltado para junto do Pai.
Contudo, muitos cristãos não aproveitam está bênção para trilhar um caminho reto e triunfante na presença do Senhor. Preferem agir sob os próprios impulsos e esforços, achando que ser cheio do Espírito Santo é apenas confessar o nome de Jesus como único e suficiente Salvador.
*É preciso muito mais que isso para ser cheio da presença do Espírito de Deus. Não basta falar em línguas estranhas ou freqüentar os cultos semanalmente. O Senhor espera mais de cada um de nós para revestir-nos com seu poder. Ele deseja que nos tornemos semelhantes a Cristo em nossa maneira de pensar, sentir, falar e agir .
Isto é um processo contínuo, um exercício diário, que visa à santificação e ao crescimento espiritual. Todos os dias somos chamados a despir-nos dos velhos hábitos e assumir a posição de novas criaturas, de filhos de Deus, tendo Jesus como referencial. Só que não podemos fazer isso pelo nosso próprio conhecimento ou poder. Dependemos do agir do Espírito Santo para alcançar este propósito, porque só aqueles que querem ter uma vida sob o controle de Deus é que alcançam as promessas do Senhor em sua totalidade.
 É hora de ser cheio do Espírito Santo.
Deus, em cumprimento à Sua promessa em Joel 2.28,29 e em Ezequiel 36.26,27, enviou Seu Espírito para habitar em cada pessoa que aceitou Cristo como seu Salvador e Senhor (ver Atos 1.8; 2.1-11). É pela ação do Espírito Santo que o homem é convencido de pecado, de justiça e de juízo, arrepende-se e é santificado, produzindo o fruto do Espírito —que é amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio (Gálatas 5.22,23 ARA) e recebendo dons espirituais e ministeriais, para o crescimento e a edificação dos membros do Corpo de Cristo.
O Espírito Santo é o agente responsável pelo novo nascimento, o nascimento espiritual, a regeneração do ser humano, a transformação deste em nova criatura feita à imagem e semelhança de Cristo, para tornar-se, como Ele, um filho de Deus (ver João 3.5; Tito 3.5). Em outras palavras, é o Espírito Santo quem inspira, aconselha, dirige e consola o cristão. É Ele quem deve operar em nós tanto o querer como o efetuar segundo a boa vontade de Deus (Filipenses 2.13).
Foi pela ação e inspiração do Espírito Santo que os profetas do velho testamento falaram e agiram, revelando aos homens a mensagem e a vontade de Deus, bem como é pela orientação do Espírito que a Igreja de Jesus age e anuncia o Evangelho.
O Espírito de Deus agia na vida dos crentes do Antigo Testamento e também age na vida dos cristãos nos dias de hoje. Mas de uma maneira mais plena, pois não está mais restrito apenas àqueles que presidem sobre outros, mas a todos que fazem parte do Corpo de Cristo.
*Entretanto, existe uma diferença entre ser habitação do Espírito e ser cheio do Espírito. Depois da conversão, o coração passa a ser templo do Espírito. Só que este deve ser o Senhor de tudo, com plena liberdade para operar em nós para a glória de Deus. Ele deseja que vivamos de forma transbordante com a presença do Espírito Santo. Só assim conseguiremos testemunhar com autoridade as boas novas à humanidade e sermos vitoriosos sobre o pecado, o mundo e o diabo.
*O Espírito Santo é o nosso combustível, o nosso guia, o nosso intercessor! Podemos ser prósperos financeiramente e ter todos os bens materiais desejáveis, mas se não nos enchermos da presença do Espírito de Deus seremos como um carro sem gasolina. Não funcionaremos e não cumpriremos os propósitos para os quais fomos chamados.

Além disso, devemos ser cheios do Espírito Santo: 1) porque um lugar vazio pode ser mal ocupado, trazendo morte e destruição; 2) porque precisamos de amadurecimento espiritual para atingir a estatura de Cristo; 3) porque só uma pessoa cheia do Espírito Santo é mais do que vencedora e estará apta a encontrar-se com Cristo, quando Ele vier buscar a Sua Igreja.
Em suma, encher-se do Espírito é o segredo da vitória em todos os aspectos da nossa vida. O Senhor deseja que Seus filhos sejam cheios do Espírito Santo agora mesmo. Se não estivermos preparados e revestidos de Seu poder, dificilmente desfrutaremos as bênçãos divinas na terra e, muito menos, no céu, ao lado do Pai por toda a eternidade.
Para alcançar este propósito, a primeira coisa a fazer é ter o desejo de ser cheio do Espírito Santo (Mateus 5.6); é querer ardentemente ter comunhão com Ele, ansiar em ser controlado e fortalecido por Deus. Você quer ser cheio do Espírito Santo? Então busque isso.
4- Tendões: Os tendões são estruturas fibrosas, com a função de manter o equilíbrio estático e dinâmico do corpo, através da transmissão do exercício muscular aos ossos e articulações.
Deus quer você firme, equilibrado, você precisa se movimentar bastante...

*Músculo: Os músculos são os tecidos responsáveis pelos movimentos dos animais, tanto os movimentos voluntários, com os quais o animal interage com o meio ambiente, como os movimentos dos seus órgãos internos, como o coração ou o intestinoOs
*Pele: Tecido que recobre o corpo do homem e dos animais. (Entre os vertebrados, a pele se compõe de uma epiderme, protetora por sua camada córnea e seus anexos, ou fâneros, e de um derma [muitas vezes desdobrado em uma hipoderme], que possui numerosas funções: tato, pelos corpúsculos táteis; excreção, pelas glândulas sudoríparas; regulação térmica, pelos vasos sangüíneos de diâmetro variável.)
Couro destacado do corpo do animal: pele de raposa.
Entrar na pele de, estar em lugar de outro.
Fam. Tirar a pele, explorar.
Vender caro a pele, defender-se vigorosamente antes de sucumbir.





3º dia

Atitudes para restauração:
1-Ouvi um barulho, (quebrantamento;)
 “ O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado;
ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” (51:17)

A palavra “quebrantar” possui sempre um significado semelhante nos mais variados contextos bíblicos. Ela se refere à destruição ou enfraquecimento de algo, neste caso, do coração (e do espírito) do ser humano. Isso traz um significado tremendo. Alguém que tem seu coração quebrantado, o tem enfraquecido para suas próprias paixões, destruído para suas vontades. É aquilo que chamamos de “esvaziar-se a si mesmo e encher-se de Deus”. Por contrição entende-se, e entendo eu, como um arrependimento definitivo, portanto sincero e completo, uma mudança completa de vida, de direção
Ninguém é mais belo do que alguém que está quebrantado! A teimosia e amor-próprio cedem lugar à beleza na pessoa que foi quebrantada por Deus. Vemos Jacó no velho testamento, como mesmo no ventre da sua mãe, lutava contra seu irmão. Era sutil, enganoso, traiçoeiro. Por isso, sua vida estava cheia de tristezas e de mágoas. Ainda jovem, fugiu do seu lar. Durante 20 anos foi logrado por Labão. A esposa de seu coração, Raquel, morreu prematuramente. O filho do seu amor, José, foi vendido. Anos mais tarde, outro filho foi preso no Egito. Deus tratou com ele sucessivamente, e Jacó encontrou infortúnio após infortúnio. Deus o feriu uma vez, duas vezes; na realidade, sua história toda pode ser descrita como a história de ser ferido por Deus. Finalmente, após muitos anos, o homem Jacó foi transformado. Quão nobres eram suas respostas a Faraó! Quão belo foi seu fim! Quão claras eram suas bênçãos pronunciadas a seus descendentes! Depois de ler a última página de sua história, queremos curvar a cabeça e adorar a Deus. Aqui encontramos alguém que está amadurecido, que conhece a Deus. Várias décadas de tratos tiveram como resultado que o homem exterior de Jacó foi quebrantado.

Cada um de nós tem uma boa parte da mesma natureza de Jacó em nós. Nossa única esperança é que o Senhor marque um caminho para fora, quebrantando o homem exterior (alma) de tal maneira que o homem interior (espírito) possa surgir e ser visto. Isto é precioso, e é o caminho daqueles que servem ao Senhor. Somente assim podemos servir; somente assim podemos levar os homens ao Senhor. Tudo o mais está limitado quanto ao seu valor. A doutrina não tem validade, nem a teologia. Qual é a utilidade do mero conhecimento da Bíblia se o homem exterior (alma) permanecer sem ser quebrantado? Somente a pessoa através de quem Deus pode aparecer é útil.

Depois de nosso homem exterior (alma) ter sido ferido, tratado e levado por diversas provas, temos feridas em nós, e assim deixamos o espírito emergir. Temos receio de encontrar alguns cujo ser total permanece intacto, nunca tendo sido tratado e transformado. Que Deus tenha misericórdia de nós, mostrando-nos claramente este caminho e revelando-nos que é o único caminho. Que ele também nos mostre que nisto é visto o propósito de todos os seus tratos durante os anos. Que ninguém menospreze os tratos do Senhor. Que Ele nos revele verdadeiramente o que significa o quebrantamento do homem exterior (alma). Se o homem exterior (alma) permanece integral, tudo estaria meramente em nossa mente, totalmente inútil. Tenhamos esperança que o Senhor venha a tratar de nós de modo completo.

Nosso espírito é liberado de acordo com o grau de nosso quebrantamento. Aquele que aceitou mais disciplina é aquele que melhor pode servir. Quanto mais alguém é quebrantado, mais sensível ela é. Quanto mais perdas sofrer, tanto mais tem para dar. Onde quer que desejamos salvar a nós mesmos, naquele mesmo ponto ficamos espiritualmente inúteis. Sempre que nos conservamos e nos desculpamos, naquele ponto estamos privados da vida de Deus. Somente aqueles que aprenderam é que podem servir.

2- (v7) ossos se ajuntado cada qual no seu próprio lugar: Abandonemos a inveja, ciúmes, disputas e etc.






4º dia
Poderoso Exército
Como se levanta um poderoso exército?

1-      O bom soldado de Cristo não se envolve com as coisas desta vida 2 Tm 2:4, vive uma vida separada para Deus...
2-      Ele é vigilante, vigiai e orai...
3-      Ter disposição para lutar ex. Davi Sl. 18:37-38
Seus valentes: PROCURANDO AGIR COMO ESTES VALENTES

3.1 Adino: versículo 8 “...se opusera a oitocentos e os feriu...”
a) O desafio de enfrentar a multidão: Adino venceu sendo a minoria. A minoria com Deus é a maioria. Daí-lhes vos de comer!

b) Recebendo vitória total: “...de um vez.”
Vale notar dois tipos de vitória, a parcial (Mc.8:24-25), e á total(Mc.10:56-52). Adino teve vitória total.

3.2 Eleazar(sign.Deus ajuda): versículo 9, vejamos três segredos.
a) O segredo da intimidade: “...estavam com Davi...”. Eleazar sabia da presença de Deus na vida de Davi, por isso não saia de perto.

b) O segredo da vitória: versículo.10 “Este se levantou...”
Está é a posição do valente na peleja, é estar e ficar na posição que Deus quer usar.

c) O segredo da perseverança: v.10 “até lhe cansar a mão e ficar a mão pegada à espada”
Foi até o fim da luta, o mesmo devemos fazer no exercício espiritual, que nos leva ao amadurecimento: na oração(Lc.18), na meditação na palavra(Js.1:8; Sl.1:2), na vigilância(Mc.13:35), fazendo isto, até pegar no coração á ponto de ser inseparável de nossa vida.

3.3 Sama: No versículo 12 “...onde havia um pedaço de terra cheio de lentilhas...”

a) O mistério das coisas simples: A lentilha é barato, nos comércios. Existem coisas simples que Deus nos confiou a nós, que para muitos não significa nada, porém vai aí uma lição: Defenda aquilo que Deus te deu.

b) Deus honra os que zelam pelas coisas simples: v.10 “e o Senhor efetuou um grande livramento.”
O ato de Sama se pondo no meio; tocou à Deus. Deus se moveu em resposta ao seu zelo, por aquilo que aparentemente parecia simples aos outros, tanto que os outros fugiram. Sama não estava só no meio daquele campo. Lembra-se dos três jovens na fornalha? Quem estava no meio? Da mulher adultera? Quem estava no meio? Deus era na vida de Sama, ele manteve-se firme até Deus agir.

3.4 Benaia: versículos 20,21

a) O valente da última geração: Benaia fazia parte de uma geração, distante de Deus. A medida que as gerações foram passando, houve um tendência de desvio do povo para Deus. Benaia era um remanescente, uma luz para sua geração, um valente com uma missão: tornar Deus conhecido.

b) O valente que desceu: Enquanto Eleazar se levantou para a peleja, Benaia desceu para a peleja. Para alguns locais Deus tem uma pessoa especificamente determinada. O lugar de Ezequiel era no meio dos cativos, junto ao rio Quebar, Daniel no palácio dentro da Babilônia. Eleazar sabia o seu lugar.

c) O valente que arrancou: Benaia desarmou um egipicio. Desarme-nos os intentos de Satanás, as intrigas, facções, etc...Somos chamados para desarmar todos os intentos contrários aos princípios, propósitos e fundamentos Divino.
 Há muitas batalhas que precisamos vencer:

Batalhas do desânimo; batalha da comodidade; batalha da inoperância; batalha da desobediência; batalha das tentações da carnalidade; batalha para defender os valores cristãos. O diabo está destruindo os valores cristãos da moralidade, da justiça, amor, santidade, fraternidade, unidade, paz e muitas vezes estamos impassíveis, acomodados, coniventes, vendo as destruição dos lares, e pouco fazemos.

Batalha para tirar as almas das garras do diabo.

Romper as barreiras dos filisteus, é o nosso grande desafio, e nós temos o poder de Deus que nos dá a vitória.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

PALAVRA DE VIDA